5º SEMANA :

QUESTÕES RACIAIS - ONTEM E HOJE

Silvia Capanema

A professora brasileira Silvia Capanema fala sobre "Sociedade escravista, racismo e antirracismo no Brasil : uma perspectiva histórica e algumas comparações atlânticas". Ela é historiadora do Brasil contemporâneo e da América latina, professora adjunta em civilização brasileira da Universidade de Paris 13-Sorbonne Paris Nord e pesquisadora de Pléiade (Campus Condorcet). Ela é especialista das temáticas da raça, da escravidão, da República e da cidadania. É membra fundadora da ARBRE e também Conseillère départementale de Seine-Saint-Denis (França).

 Matthias Assunção

O professor turco Matthias Röhrig Assunção fala sobre "A capoeira contemporânea no Rio de Janeiro, 1948-1982". Ele é professor na University of Essex (Reino Unido) desde 1993. De 1985 a 1992, ensinou História da América na Freie Universität de Berlim. Foi professor visitante em várias universidades brasileiras (UFMA, USP, UFRJ e UFF). Desde 2007, é pesquisador associado no Laboratório de História Oral e Imagem (LABHOI) e no Núcleo de Pesquisa em História Cultura (NUPEHC), ambos localizados na UFF. Pesquisa história da capoeira, buscando compreender o desenvolvimento de jogos de combate no Atlântico Negro e como estes estão relacionados à construção da masculinidade na cultura popular.

Debate

Participação de Mônica Cunha (Movimento Muleque) e Bárbara Machado (UFF).

 

Moderação Lucas Pedretti (IESP/UERJ).

Bruno Silva

O professor brasileiro Bruno Silva fala sobre "Ideias de raça e racismos na América colonial". Ele é graduado (2007), mestre (2011) e doutor (2015) em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF), com estágio doutoral na University of Texas (EUA). Atualmente é professor de História da América na Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA). Membro da Associação Nacional de Pesquisadores e Professores de História das Américas (ANPHLAC). Autor de: "Genealogias mazombas: castas luso-brasileiras em crônicas coloniais" (Eduff, 2016), organizador de "Passados impressos: estudos sobre a circulação de ideias - séculos XVII-XX" (CRV, 2018) e autor de "As Cores do Novo Mundo" (Lisbon International Press, 2020).

Julio Tavares

O professor brasileiro Julio Tavares fala sobre "O que a pandemia revela para as Ciências Sociais e a sociedade brasileira?". Ele é professor titular do Departamento de Antropologia na Universidade Federal Fluminense (UFF) em Niterói, diretor do Laboratório de Etnografia e Estudos em Comunicação, Cultura e Cognição. É doutor em Antropologia - University of Texas at Austin (1998) e pós-doutor como Rockfeller Post-Doctoral Fellow no Center for Black Music Research, em Chicago (2001). Professor visitante na Universidade Andina Simón Bolivar no Programa de Doutorado em Estudos culturais. Participa do Advisory Board da ASWAD (Association for the Study of the Worldwide African Diaspora).

Debate Bis

Participação de Maboula Soumahoro (Université de Tours - France) e Djamila Ribeiro (Unifesp).

 

Moderação Natália Guerellus (Université Jean Moulin - France) e Mélanie Toulhoat (IHEAL/CREDA - France).

© 2020 - CRIADO POR DOING IDEIAS

logo1.png
logo2 .png
logo3.png
unnamed_cópia.png